Sobre a página

Por: Jonas J. Berra
Breve relato sobre a criação e desenvolvimento dessa página: 


Em 2010 eu cursava o final da Licenciatura em Filosofia na Pontifícia Universidade Católica do Paraná e uma das disciplinas do curso me chamava bastante a atenção. A disciplina era "Prática Profissional III: Produção de Materiais Didáticos para o Ensino da Filosofia". O professor que ministrava as aulas era bastante exigente. O que foi bom, pois me ajudou a perceber como é importante buscar o aperfeiçoamento profissional em todos os períodos de nossa vida. 
       
Uma parte do trabalho da disciplina era o de analisar blogs ou páginas relacionados à Filosofia, para saber se eles cumpriam com o papel de colaborarem com o processo de ensino-aprendizagem de professores e alunos. Muitas blogs ou páginas pesquisadas e que foram discutidas pela turma, em geral eram bons, a maioria não era. 
       
Uma coisa bastante curiosa que notei nos blogs que não eram tão bons, é que eles não tinham atualização, nem conteúdo original. Alguns eram muito superficiais ao darem ênfase apenas a vídeos, manchetes de notícias ou problemas pessoais do escritor do blog. Haviam blogs e sites que se posicionavam partidariamente, outros tinham cunho especificamente religioso, mesmo se servindo de conteúdos filosóficos. Era perceptível a dificuldade em encontrarmos blogs e sites que trouxessem uma contribuição realmente significativa para a realidade do mundo vivido pelos professores e estudantes, ou seja, o mundo real e que não fosse radicalmente apegado a uma ideologia política ou religiosa de seus autores.

Os blogs com melhor desenvolvimento de página e conteúdo eram os com linguagem muito difícil e material bem específico da área de Filosofia, direcionado ao público acadêmico e de pouca compreensão para os estudantes iniciantes. Quase não encontrávamos blogs que tentassem mesclar vídeos, resumos, resenhas e comentários críticos. Foi a partir daí que comecei a pensar no desafio de criar um blog com conteúdo diversificado, que fosse construído aos poucos por uma equipe e que servisse para apresentar reflexões, eventos, livros e críticas relacionadas à Filosofia. O blog não poderia estar vinculado à uma universidade, nem poderia estar poluído de propagandas. Mas deveria ser interessante para estudantes de Filosofia e áreas afins.
       
No segundo semestre de 2010, colocamos as primeiras postagens não técnicas, mas bastante poéticas de Malu Queiroz, uma amiga que atualmente vive na Alemanha. Já no início de 2011, o Everton Marcos Grison, da área de Filosofia, que na época trabalhava comigo na Livraria Vozes de Curitiba e cursava Filosofia na UFPR, passou a ser nosso colunista e co-editor. Uma das suas primeiras publicações foi um texto provocativo e poético: Canário na Gaiola. 

Com a chegada do Everton, procuramos desenvolver uma página multifacetada, com conteúdo provocativo, mas evitando ficar presos aos modismoss da filosofia contemporânea. Chegamos a receber a contribuição de outros alunos e professores, mas que acabaram não continuando por falta de tempo ou porque tinham projetos que não se encaixavam na nossa proposta. Mesmo assim, fomos aumentando aos poucos a equipe. E passamos a considerar que o blog tinha agora uma roupagem de site, inclusive com um domínio próprio e original: http://www.reflexaodialogada.com.br.

Em 2013 passamos a contar com  a participação do Oséias Marques Padilha e no início de 2014 com a do Edinei Marcos Grison.  Ambos passaram a contribuir por meio da publicação de textos filosóficos bastante diversificados, relacionados às suas respectivas áreas de atuação. Além disso, a página eventualmente ficou aberta a publicação de textos de outros professores ou estudantes, a fim de enriquecer as postagens com novas formas de enxergar os problemas filosóficos do Brasil e do mundo.

Com os eventos políticos do país nos empurrando a um abismo de sucateamento da educação e muitas atividades pessoas dos membros, a partir de 2015 nossa página passou a ter uma regularidade menor. Em 2016 começamos a dar maior atenção à página do Facebook, a fim de trazer mais leitores das redes sociais e ganhar espaço em meio ao conservadorismo fascista, que dominou e alienou a mente de milhares de jovens no Brasil e no mundo. Nossa página passou a combater esse conservadorismo retrógrado, o sendo comum e o charlatanismo filosófico e científico.
No ano de 2019 mantivemos o movimento do site e da página do Facebook em direção a aspectos críticos e pontuais a respeito do Brasil e relacionando alguns eventos a conteúdos das Ciências Humanas com maior crítica política. Tivemos novas adesões à página, que foram a prof. Paula, a prof. Fernanda e o prof. Wagner. 
           
Com o objetivo de termos um espaço de comunicação, na página 'Contato" pedimos que o leitor proponha novos temas para serem trabalhados pelos colunistas ou que contribuam com críticas (construtivas) relacionadas a este site. Assim poderemos melhorar cada vez mais. A crítica é fundamental para isso.

“Críticas construtivas são sempre bem vindas, mas não acostume-se com elas, pois se elas deixam de ser incomodas, também deixam de ser construtivas.” (Sartre)

Agradecemos a todos pelas visitas!

Esperamos que aproveitem as postagens e continuem acessando regularmente!


Primeiro Layout em 2010
Layout a partir de 2013  

Layout a partir de 2016

Layout a partir de 2020


Nenhum comentário :