20 de maio de 2015

Paraná: o governador, os deputados e o óleo de peroba

Por: Everton Marcos Grison

Vivemos o inferno, com bombas, balas de borracha, spray de pimenta, violência e muita truculência. Estávamos desarmados! Apenas carregávamos as nossas ideias, os nossos sonhos e a indignação. Fomos massacrados por um governo insensível as causas públicas, incompetente nas questões técnicas e sem moralidade para ocupar o cargo que ocupa.

            O dia 29/04/2015 representa o pior dia da história na vida de muitas pessoas. Significa o maior ataque contra a democracia já perpetrado por um governante no Brasil, pós período militar. Quem sabe, os requintes de maldade orquestrados por Carlos Alberto Richa e sua equipe psicopata, tenham ultrapassado os limites da loucura praticada pelos militares entre 1964 e 1985 no Brasil. De uma vez só, o governo do estado expôs a tropa da Polícia Militar do Paraná ao completo ridículo, massacrou professores, funcionários e demais servidores e sepultou para sempre sua carreira política.