2 de maio de 2012

Dia 1° de maio é o dia de descanso para os trabalhadores


Por: Romildo Júnior

Já dizia sabiamente o antigo e conhecido ditado popular de que: “o tempo é o melhor remédio para o esquecimento”, de certa forma faz sentido a frase, pois ao observarmos na realidade o quanto que ao passar o tempo algumas pessoas se esquecem dos acontecimentos mais marcantes e fundamentais para determinadas mudanças dos rumos de nossas vidas e, por conseguinte de nossa história. Esquecemo-nos exatamente porque nós estamos acomodados a nos sentar na rua, olhar para o alto e esperar que as coisas mais importantes caíssem do céu e que sejam sempre coisas prontas e acabadas. Muitas vezes assim nós pensamos até mesmo dos próprios conceitos e grandes datas. É um erro pensar que as coisas sempre estiveram aí e que conceitos foram revelados por seres divinos, mas nos esquecemos de que são construções nossas. São construções regadas a muito suor, luta e insistência naquilo que acreditamos. Mas o que será que estou desejando dizer? Estou me referindo as mais diversas pessoas que nesta data do dia 1° de maio acham que é apenas mais um feriado qualquer, acham que é mais um dia para o descanso.


Causa-nos uma enorme inquietação ouvir gritos de alegria: “hoje é feriado do trabalhador, um dia para se descansar... Afinal de contas nós os trabalhadores merecemos”. Diante disso podemos nos perguntar: “Mas será que já nos esquecemos do verdadeiro sentido desta data?”, certamente o tempo apagou da memória causa primeira que marca a ocasião da instituição desta data tão significativa. Este dia 1º de maio é, igualmente, uma ocasião para se refletir e trazer sempre à memória aqueles que muito lutaram neste país e no mundo por dignidade trabalhista, por um salário justo e horas de trabalho que pudessem dar ao servidor a oportunidade de estar com sua família, ter seu lazer e etc.

Recordo-me bem de minha infância que neste dia 1º de maio era uma data em que fechavam a rua principal que cruzava o bairro onde eu me criei. Era algo fantástico, todos em minha casa acordavam cedo, ficávamos felizes porque iriamos pedalar de bicicleta, empurrar e ser empurrado em carrinhos de rolimã. Que fantástico que era esse dia era uma diversão total. Mas o tempo foi passando, com isso vamos amadurecendo e compreendendo algumas coisas, tais como a razão histórica desta data. O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios.

A História do Dia do Trabalho remonta o ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago nos Estados Unidos da América. No dia 1º de maio deste ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Neste mesmo dia ocorreu, nos Estados Unidos, uma grande greve geral dos trabalhadores. Dois dias após os acontecimentos, um conflito envolvendo policiais e trabalhadores provocou a morte de alguns manifestantes. Este fato gerou indignação nos trabalhadores, provocando outros enfrentamentos com policiais. No dia 4 de maio, num conflito de rua, manifestantes atiraram uma bomba nos policiais, provocando a morte de sete deles. Foi o estopim para que os policiais começassem a atirar no grupo de manifestantes. O resultado foi à morte de doze protestantes e dezenas de pessoas feridas. Foram dias marcantes na história da luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho. Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional Socialista, ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889, criou o Dia Mundial do Trabalho, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano. Aqui no Brasil existem relatos de que a data é comemorada desde o ano de 1895. Porém, foi somente em setembro de 1925 que esta data tornou-se oficial, após a criação de um decreto do então presidente Artur Bernardes. Em 1º de maio de 1940, o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo. Este deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer).
Em 1º de maio de 1941 foi criada a Justiça do Trabalho, destinada a resolver questões judiciais relacionadas, especificamente, as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores.

É... Muitos se esqueceram da razão que motivaram as comemorações deste dia. O dia em que muitos pensam em seu próprio descanso é o dia em que marca uma tragédia histórica, teve resultados bons após, mas foram necessários que o sangue de mártires fosse derramado. Mas muitos se esqueceram destes acontecimentos!...

Um comentário :

Everton Marcos Grison disse...

Gostei bastante da reflexão. É um alerta para a importância histórica, ou seja, o verdadeiro sentido desta data importante para os trabalhadores. Os feriados não são criados para entupirmos o mar de detritos, darmos dinheiro para as companhias aéreas e rodoviárias ou ainda, para ficarmos na frente da TV nos "deliciando" com a sessão da tarde. Feriado é significado de história, de vida, de luta, de sangue como bem disse o autor da reflexão. Bom, mas sangue é uma coisa que poucos tem, uma boa parcela da população possui óleo nas veias e ar na cabeça.