15 de junho de 2011

AMIZADE É TEMA DO NOVO LIVRO DO PROFESSOR JELSON OLIVEIRA

O professor do programa de pós-graduação em Filosofia e coordenador do Curso de Licenciatura em Filosofia da PUCPR, Jelson Oliveira, lançará no próximo dia 01 de julho, sexta-feira, às 19h, no Café Babette, da Aliança Francesa de Curitiba, o livro "Para uma ética da amizade em Friedrich Nietzsche" (204 p.), publicado pela Editora 7Letras, do Rio de Janeiro. No lançamento, o professor Jelson fará uma palestra sobre o tema como abertura do Café philosophique 2011, evento realizado pela Aliança Francesa e pelo Curso de Filosofia da PUCPR e conversará com a jornalista e apresentadora do programa Light News, da Transamérica Light, Maria Rafart.
O livro, que é parte modificada da tese de doutoramento do seu autor, apresenta a amizade como uma virtude emergencial no mundo contemporâneo. Para tratar o tema, Jelson buscou inspiração no filósofo alemão Friedrich Nietzsche, cuja obra trata do assunto com a mesma constância que foi preterida pelos comentadores do autor de "Assim Falou Zaratustra". O roteiro estabelecido pelo livro parte de uma análise da amizade como convivência experimental cuja referência indispensável é o povo grego. A partir daí, o autor reconstrói o projeto nietzschiano de uma ética da amizade (como um complemento superior à ética da compaixão, de Schopenhauer) a partir de dois dispositivos: a liberdade do espírito e a partilha da alegria. Como espaço de con-vivência, a amizade se torna uma virtude nobre que oferece possibilidades para o exercício da coragem, da simplicidade e da força, requisitos para uma vida alegre e festiva.
Segundo o prof. Oswaldo Giacoia Júnior, no prefácio da obra, “Para uma ética da amizade em Friedrich Nietzsche" de Jelson Oliveira, examina com notável competência, inspiração e acuidade esse importante tema da amizade na ética de Friedrich Nietzsche. Certamente, trata-se de um viés analítico extraordinariamente produtivo, pois a amizade tem sido muito pouco tratada conceitualmente, de modo tão exaustivo, pelos comentadores da filosofia do autor de Assim Falou Zaratustra. E, no entanto trata-se de uma vertente e caminho importante, que nos reserva muitas surpresas, e que se cruza com quase todos os grandes temas do pensamento de Nietzsche. Jelson Oliveira nos guia com segura maestria nesse percurso, e estou certo que o leitor ficará generosamente recompensado com a leitura de uma obra que, além de alimento espiritual de primeira ordem, é capaz de proporcionar enorme gratificação estética em sua leitura, uma razão a mais para recomendá-la com vivo entusiasmo aos interessados na obra daquele que se autocompreendia antes como dinamite que como homem”.
Para o prof. Antonio Edmilson Paschoal, que escreveu a orelha do livro, a estratégia da obra “ilustra a riqueza da teia argumentativa que se desenvolve no livro e é um exemplo de que não estamos diante apenas de uma exposição bem comportada, mas daquilo que se espera de um filósofo, a coragem de fazer experimentos e de correr riscos, o que é a condição para se fazer da filosofia uma prática viva e não apenas um acúmulo de conteúdos mortos”.
E é assim que a nova obra de Jelson Oliveira chega às mãos de seus leitores: não apenas como um livro bem comportado – no sentido acadêmico – mas como uma obra que se pretende uma espécie de carta para amigos e para todos aqueles que se interessam pelo cultivo desta virtude tão urgente e tão em desuso nos nossos dias.

LANÇAMENTO: Para uma ética da amizade em Friedrich Nietzsche (Rio de Janeiro: 7Letras, 2011, 204p.), de Jelson Oliveira (professor do programa de pós-graduação em Filosofia e coordenador do curso de graduação em filosofia da PUCPR).

DATA E LOCAL: 01 de julho de 2011, às 19h, no Café Babette, da Aliança Francesa de Curitiba (Al. Prudente de Morais, 1101, Centro, Curitiba-PR)
Informações: 3271-2626

Fonte do texto: Jelson Oliveira/ Divulgação.

Nenhum comentário :